Diário de Viagem a Chefchaouen

 

Isto é A cena! 

A CIDADE AZUL DE MARROCOS

A cidade azul de Marrocos e muito mais calminha do que Fes, aqui senti falta de ser quase atropelado várias vezes. 

Conhecido também como o paraíso dos instagram influencers vale muito a pena andar por lá a passear pela cidade toda – que não é muito grande felizmente porque é sempre a subir e a descer e eu não estou a ir para novo. 

NOVAS EXPERIÊNCIAS

Adoro ir a um novo país e ter as experiências de lá, por isso no 2o dia em Marrocos tive vários desarranjos intestinais.

PRAÇA UTA El-HAMMAM

É a praça central de Chefchaouen. Muito bonita e com muitos restaurantes e cafés, perfeitos para sentar e poder respirar e descansar um bocado.
Não que eu precisasse porque estava em óptima forma física para andar muito mais nas subidas e descidas, mas ia com pessoas que precisavam e fiz isso por elas.

MEDINA

Deixem-se levar e percam-se na Medina.
Esse é um conselho que eu dou moderadamente para Fes e para Marrakech não aconselho, mas a Medina de Chefchaouen não é tão grande e acaba sempre por ser fácil ir ter a algum ponto que já se conheça.

RAS EL-MAA

Nesta zona perto da montanha encontramos, para além de muito comércio, umas cascatas. Conseguimos aí ver muitos locais a lavarem roupa.
Ver locais a lavar roupa num rio não é propriamente um grande plano, mas traz memórias de histórias dos nossos avós cá em Portugal.

 

Pontos Positivos

A cidade é mesmo muito bonita e um dia será suficiente para a explorar.

Pontos Negativos

É uma cidade numa montanha por isso preparem-se para muitos altos e baixos.

 

——————————

Gostaste do post?
Segue-me no Insta. Por cada novo seguidor um golfinho na Austrália vai sorrir.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Paulo Ricardo Oliveira (@coisoetal) on

Também podes (e deves) comentar e partilhar: